Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
23ºC
Arapiraca,
Estrelado

Blog do Márcio | Márcio Pedro

Quem é Márcio Pedro? Contador e Pós-graduado em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria, é Gerente Administrativo de uma grande indústria e distribuidora de alimentos. Sempre atualizado em assuntos de economia, política, educação e literatura, escreve também microcontos
Charge Cayton

 Usando uma analogia de que eu tenho um felino em casa, e explico para ele que irei oferece três pratos de leite, um prato com veneno, outro com vidro, e mais outro com muito sal, pois sou democrático, e por isso ofereço a opção de escolhas. Ah, mais há também a opção de não comer nada e continuar com fome, só não tenho a opção de leite com ração, que é a que mais o gatinho almeja. Assim é nossa missão como eleitores de um regime político chamado democracia em que a soberania é exercida pelo povo, só que de acordo com as opções oferecidas pelos partidos políticos.

Costumamos colocar a culpa da escolha de um mal politico nos eleitores que não souberam votar, culpar os nordestinos, os analfabetos, ou os jovens por eleger candidatos corruptos, despreparados, incendiários, mas não paramos para pensar que somos a massa de manobra dos partidos políticos inescrupulosos, responsáveis por escolher o seu representante como opção de voto. A peneira está sendo feita no último estagio da ação democrática, onde deveria ser filtrado pelos partidos políticos ainda na escolha dos seus representantes como boa opção para o povo. Lembra do prato de leite oferecido ao bichano? Escolher o menos pior é o que sobra como opção. Costumamos também ouvir dos eleitores em tempo de eleições que os candidatos são os mesmos, nunca mudam. Nessa dança das cadeiras as opções são lançadas para os eleitores sem nenhum critério ético por parte dos partidos políticos que muitas vezes são financiados pela corrupção, por grandes empresários, por uma casta familiar ou por interesses particulares diversos, e como peça fundamental para que a democracia siga seu rumo, somos obrigados a irmos às urnas sempre que solicitados escolher o que não queríamos como opção. É sempre assim.

As cartas que nos são dadas à nós eleitores são as piores nesse jogo politico. Diante disso como apostaremos para ganhar? Não conseguiremos mudar o processo politico atual, porém a cobrança aos partidos políticos é fundamental. Eles têm a obrigação de nos fornecer os melhores candidatos para depois disso, ainda colocarmos eles num funil criterioso de um brasileiro que quer o melhor para seu país, e assim escolher o melhor do melhor. Isso é o que almejamos. É esse o leite que o gato que beber. Até um voto errado seria mais certo que o certo de hoje. Quando alguém falar para você que o Brasil é assim, porque o povo não sabe votar, você faça a seguinte pergunta a ele: gostaria de votar em você na próxima eleição, há essa possibilidade?

Comentários
Mais de Blog do Márcio | Márcio Pedro
Postagens Anteriores123456Próximas Postagens