Olá, Boa noite! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
22ºC
Arapiraca,
Tempo Limpo

Notícias

28/09/2017 19:23:30
Cidades
Prefeito Eduardo Tavares nomeia Comissão de Enfrentamento ao Trabalho Infantil em Traipu
A comissão atuará de maneira conjunta com condições de realmente ajudar com projetos, equipamentos e serviços voltados a enfrentar ou prevenir situações de trabalho infantil
Ascom
Redação com Assessoria

 Na manhã desta quinta-feira, 28, na sede da prefeitura municipal de Traipu, o prefeito Eduardo Tavares realizou a entrega de portarias aos componentes da primeira Comissão de Enfrentamento ao Trabalho Infantil. Ofertado pelo programa das Ações Estratégicas de Combate ao Trabalho Infantil (AEPETI). Esse é mais um programa em âmbito municipal embutido no Sistema Único de Assistência Social (SUAS). Garantindo inclusão social de crianças e adolescentes com seus vínculos fragilizados ou rompidos, com foco na família, garantidos na proteção especial de prevenção a infância e juventude.
A Comissão de Enfrentamento ao Trabalho Infantil é formada por 11 membros intersetoriais, representantes das políticas públicas do município. Eles passaram por uma seleção rigorosa, e juntos têm como missão fortalecer as ações de enfrentamento ao trabalho infantil em Traipu, zona urbana e rural.
De acordo com os responsáveis, a comissão atuará de maneira conjunta com condições de realmente ajudar com projetos, equipamentos e serviços voltados a enfrentar ou prevenir situações de trabalho infantil que afetam a vida das próprias crianças, adolescentes e de seus familiares.
Durante a entrega das portarias, o prefeito Eduardo Tavares destacou a importância dos cuidados necessários que devem ser dedicados às crianças. Ele enfatizou quais ações precisam ser desenvolvidas para garantir o bom desenvolvimento, e torná-las bons cidadãos.
Eduardo Tavares ensinou que o futuro do país pertence às crianças, por isso, a necessidade uma boa formação e educação. “Lugar de criança é na escola e ao lado de sua família. É preciso integrar ações e unir forças para erradicar o trabalho infantil, o governo federal desenvolve programas importantes, e, ao município, cabe ações mais próximas dessas crianças em situação de risco. À comissão, cabe informar ou alertar aos familiares ou responsáveis, que esse tipo de ação é crime. O papel é o de orientar primeiramente, para em outro momento de permanência, punir”, concluiu o prefeito.
Assistência Social
A Coordenadora de Prevenção ao Trabalho Infantil da Secretaria de Assistência Social, assistente social Neide de Farias, é a responsável pelas atividades em Traipu. “A invisibilidade ainda é um dos principais problemas que afetam essas crianças. Já temos identificados na cidade, os pontos críticos onde mais se desenvolvem o trabalho infantil. Nosso planejamento de ações envolve desde o cuidado na abordagem, indo pela forma de conversar e alertar os envolvidos. Temos também projetos de campanhas explicativas como outras etapas do trabalho”, esclareceu Neide de Farias.
Membros
A Comissão Intersetorial de Enfrentamento ao Trabalho Infantil é formada pelas Secretarias Municipais de Educação, Saúde, Agricultura, Segurança Pública, Conselho da Criança e do Adolescente, Conselho Tutelar, Conselho Municipal de Assistência Social, pelo Serviço de Convivência e pela Proteção Especial de Assistência Social.

Comentários
Mais de Cidades