Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
21ºC
Arapiraca,
Tempo Limpo

Notícias

10/01/2016 01:07:53
Curiosidades
32 Profetas da Chuva fazem previsões otimistas para 2016
32 Profetas da Chuva fazem previsões otimistas para 2016
Foto: Diário do Nordeste
Redação com Agência Brasil

 

A natureza deu sinais diferentes para os profetas da chuva, homens e mulheres do sertão que fazem previsões para o período das águas no Ceará, que vai de fevereiro a maio.

Antônio Lima, de 75 anos, chegou ao 20º Encontro dos Profetas da Chuva, em Quixadá. a 168 quilômetros da capital, Fortaleza, com uma casinha da maria e do joão-de-barro. "Se tiver inverno, a maria-de-barro faz a casa com um material que chuva nenhuma derruba", explica o profeta, mostrando a casa que trouxe como exemplo do que descreve.

Assim como Antônio, Renato Lino de Souza, de 68 anos, está otimista com a quadra chuvosa. Ele mostra o caule da embiratanha, uma planta típica do Semiárido que apresenta estrias grossas ao longo do seu tronco na época da seca. "Essa planta nasce em solo pedregoso e vive para dar sinal de que vai chover. Esses riscos eram bem largos, ela está cicatrizando", descreve.

Em Quixadá, a manhã deste sábado (9) foi nublada. Antônio olhava para o céu e descrevia as nuvens como um véu grosso, trazendo chuva do sul do Ceará para o sertão central. Segundo o calendário das chuvas do Ceará, divulgado pela Fundação Cearense de Meteorologia e Recursos Hídricos (Funceme), choveu hoje em 96 dos 184 municípios do estado. Para ele e tantos outros dos 32 profetas reunidos no encontro deste ano, a chuva dos últimos dias mostra que o "inverno" já chegou no Ceará.

No entanto, não é essa a opinião de outros profetas da chuva. João Américo da Costa, de 88 anos , mostra num banner fotos de um formigueiro no leito de um rio seco e a pouca floração do juazeiro. "Já está com três anos que esse formigueiro aparece na barreira do rio e nunca se acaba. A previsão é para um inverno muito fraco."

Enquanto o profeta Antônio Lima se alegra ao olhar o céu nublado, Paulo Costa de Oliveira, de 70 anos, enxerga além das nuvens e diz: "não teremos inverno, teremos chuvas isoladas e localizadas". Ele conta que observou o céu em setembro, na chamada Vigília de Noé, em que se considera a posição dos ventos, dos astros e a corrente de ar. "Este ano, por causa da Zona de Convergência Tropical, bolhas de ar quente que ficam no infinito, a frente fria não passa. Quando essas bolhas desaparecerem é que vai chover no Nordeste."

Comentários
Mais de Curiosidades