Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
21ºC
Arapiraca,
Tempo Limpo

Notícias

05/07/2017 19:53:37
Economia
Ações de combate à miséria no campo avançam em Traipu
De acordo com a secretária de Agricultura, Priscilla Palmeira, as ações têm como alvo garantir a inclusão de famílias no Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais
Redação com Assessoria

 A secretária de Agricultura, Desenvolvimento Rural e Pesca de Traipu, Priscilla Palmeira, comemora o avanço das ações desenvolvidas pela Prefeitura em parceria com o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas (Emater). Com o aval do gestor público, Eduardo Tavares, novas ações não param de atender os moradores do município.
De acordo com Priscilla Palmeira, as ações têm como alvo garantir a inclusão de famílias no Programa de Fomento às Atividades Produtivas Rurais. “Hoje, estamos beneficiando mais de 100 famílias em Traipu, com esse projeto, desenvolvido entre o Instituto de Inovação para o Desenvolvimento Rural Sustentável de Alagoas – Emater, o Ministério do Desenvolvimento Social e Agrária (MDSA), e em parceria com a secretaria Municipal de Agricultura, Desenvolvimento Agrário e Pesca de Traipu”, explicou a secretária.
A secretária explicou que o projeto visa também, de forma estratégica, combater à pobreza no município. “Com inclusão produtiva rural das famílias de agricultores em situação de vulnerabilidade social, estão sendo injetados recursos da ordem de R$ 3.000,00, que serão utilizados na produção de alimentos da agricultura familiar”, disse Priscilla Palmeira.
Ainda de acordo com Priscilla Palmeira, as ações estão sendo direcionadas para famílias que são atendidas pela chamada Cisternas de Segunda Água. O programa é direcionado para a produção de alimentos e também para consumo dos animais criados pelos agricultores. Em Traipu, 168 famílias já tiveram cisternas do programa construídas.
De acordo com a secretária Priscilla Palmeira, foram atendidas famílias beneficiárias do Programa Bolsa Família, residentes nas comunidades de Belo horizonte, Tabuleiro, Cavaca, Lajeiro, Pau do Cedro, Areias, Bom Carandá, Lagoa Grande, Boqueirão, Olho d’Água Grande, Baixios, Boa Vista e Boa Vista II. “Todos estão recebendo a visita dos técnicos da Emater e Secretaria Municipal de Agricultura, para garantir a conclusão das liberações. Ainda este mês de julho, o benefício já estará disponível para as famílias”, finalizou Priscilla Palmeira.

Comentários
Mais de Economia