Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
21ºC
Arapiraca,
Tempo Limpo

Notícias

26/04/2016 19:03:58
Economia
Com criatividade e recurso do governo, alagoano expande negócio no interior
De ex-cortador de cana a empreendedor, ele acreditou no sonho e agora gera emprego e renda em Murici
ASCOM/AL Ivanildo é um dos exemplos de sucesso de empenho e determinação
Redação com assessoria

 Acreditar no sonho. A máxima parece repetitiva, mas segundo Ivanildo da Silva foi apostando nisso que ele conseguiu nos últimos seis anos transformar a sua realidade e a de sua família. Com recurso do Governo do Estado e muito trabalho, ele passou de cortador de cana-de-açúcar a pequeno empresário do ramo de bicicletas e ainda emprega dois funcionários.

Morador do município de Murici, ele saiu de um cotidiano árduo, sob sol escaldante e baixa remuneração para empreender no interior e viver das ‘magrelas’, apelido dado às bicicletas. Em 2010, Ivanildo da Silva decidiu abrir uma pequena oficina para reparos, mas encontrou dificuldade para conseguir empréstimo nos bancos tradicionais.

Através do agente da Desenvolve presente na Sala do Empreendedor do município, ele tomou conhecimento que na Agência de Fomento do Estado o valor necessário poderia ser avaliado e liberado. Determinado, procurou regularizar sua situação financeira e conseguiu seu primeiro crédito de R$ 6 mil em 2012, utilizado para a compra de peças de bicicletas.

A linha Microcrédito Desenvolve/BNDES permitiu a liberação que beneficiou Ivanildo da Silva para a concretização do seu sonho. Com taxa acessível e parcelamento adequado, ele cumpriu todos os pagamentos e já em 2013 recorreu a uma nova liberação, desta vez de R$ 7 mil, para atender à crescente clientela.

Mas ele não parou aí. Ao identificar a busca pela compra de bicicletas, a liberação de um novo recurso, em 2014, foi aprovada para atender a uma nova demanda: a abertura de uma loja para venda das bicicletas. E com os negócios indo de vento em popa, este mês, Ivanildo da Silva recebeu um novo valor de R$ 14 mil, que servirá para melhorias na infraestrutura da loja e compra de novas unidades para venda.

Sempre ocupado, atendendo os inúmeros clientes que não paravam de chegar à sua loja enquanto conversava conosco, Ivanildo lembrou que ele e a família sofreram muito antes de abrir seu próprio negócio já que o salário que recebia era insuficiente para pagar as contas.

“A Desenvolve foi o único lugar onde acreditaram em mim, no meu compromisso para pagar e no meu potencial para fazer meu negócio dar certo”, frisou ele o empresário.

Ele comemorou ainda a possibilidade de empregar dois conterrâneos e ajudar a gerar renda e sustento também indiretamente.

Comentários
Mais de Economia