Olá, Boa noite! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
22ºC
Arapiraca,
Parcialmente Nublado

Notícias

14/07/2015 21:05:03
Justiça
Mulher compra imóvel pelo WhatsApp, não recebe escritura e consegue indenização
Fato ocorreu no interior de Minas Gerais
EBC

Justiça decide que é válida a venda de um imóvel pelo WhatsApp.

E um morador de Uberaba, Minas Gerais, acabou condenado a devolver mais de sessenta mil reais a uma mulher que havia comprado um terreno dele.

A negociação toda foi feita pelo aplicativo de conversa instantânea. Até o recibo do depósito em dinheiro e a cópia dos documentos foram enviadas pelo WhatsApp. Mas faltou a escritura e então a compradora acionou a justiça. O juiz considerou que, apesar de inusitada, a forma com que o negócio foi fechado tem valor legal.

A mulher que moveu a ação será ressarcida em cerca de 15 mil reais por danos materiais, mais os 50 mil que pagou pelo terreno.

Todas as provas anexadas nos autos são documentos e diálogos tirados do próprio WhatsApp. Para o juiz, ficou comprovada a validade de toda a negociação porque houve a proposta e a aceitação. O vendedor do imóvel ainda pode recorrer.

Comentários
Mais de Justiça