Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
26ºC
Arapiraca,
Parcialmente Nublado

Notícias

01/10/2018 09:13:11
Justiça
TJMT CONHECE SECRETARIA DE PROCESSAMENTO UNIFICADO IMPLANTADA NO TJAL
Tal qual o processo digital, esse modelo é um caminho sem volta’, avalia o desembargador Domingos Neto, gestor da área de tecnologia no TJAL
... Servidores do TJMT e TJAL na sala da SPU, no Centro e Maceió. Foto: ASSCOM
...

 O Tribunal de Justiça de Alagoas (TJAL) recebeu servidores do Tribunal de Justiça de Mato Grosso, nesta quinta-feira (27), em visita para conhecer a Secretaria de Processamento Unificado (SPU). Inaugurado em julho pelo presidente Otávio Praxedes, o setor concentra o cumprimento de atos judiciais, como mandados de citação e intimação, da 7ª, 8ª e 9ª Varas Criminais de Maceió (Tribunal do Júri).

A digitalização dos processos judiciais favorece a otimização dos trabalhos cartorários das unidades, e a criação desse tipo de setor, de acordo com o desembargador Domingos de Araújo Lima Neto, presidente do Comitê de Gestão de Tecnologia da Informação e Comunicação do TJAL.

“Para nós é uma honra muito grande recebê-los aqui, para tentar ajudar nessa tarefa de implantar um ‘cartório do futuro’. Tal qual o processo digital, esse modelo é um caminho sem volta”, comentou o desembargador. Ele recebeu os servidores em seu gabinete e detalhou alguns pontos da experiência do Tribunal durante a implantação.

                                                                Desembargador Domingos Neto recebeu comitiva do Mato Grosso, em seu gabinete.  Foto: ASSCOM

Para Eduardo Campos, vice diretor-geral do TJMT, a visita foi proveitosa. “Gostaríamos de agradecer a acolhida do Tribunal. Para nós é muito importante porque estamos em fase de implantação e podemos aprender toda a etapa entre a concepção e a efetivação do projeto, para abreviar parte das dificuldades por ventura poderíamos ter no futuro”.

O TJAL teve a colaboração do TJ do estado vizinho, Mato Grosso do Sul, para aderir à prática. “Fomos muito bem recebidos, voltamos com boas ideias, que culminaram com a criação e a instalação da nossa SPU. Estamos com seis servidores cuidando de três varas judiciais. É uma experiência embrionária mas já de muito sucesso”, disse o juiz Hélio Pinheiro, auxiliar da Presidência do TJAL.

Hélio Pinheiro também considera que esse é o futuro do sistema de Justiça. “Trata-se de um caminho sem volta para todos nós que desejamos cumprir os princípios constitucionais da eficiência e da razoável duração do processo, pois a SPU tem demonstrado ser eficaz na racionalização do uso da força de trabalho e na otimização dos resultados. Estamos fazendo mais com menos”.

“Nosso maior desafio é o início, principalmente a questão da organização do trabalho de processamento dos autos. A gente viu que isso está sendo muito bem feito por aqui. Não só sob o ponto de vista produtividade, mas de qualidade, o que é muito importante”, elogiou Karine Giacomeli, coordenadora judiciária do TJMT.

O diretor de Tecnologia da Informação (Diati) do TJAL, José Baptista, também participou da recepção e prestou esclarecimentos aos servidores.

REDAÇÃO COM ASSESSORIA

Comentários
Mais de Justiça