Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
21ºC
Arapiraca,
Estrelado

Notícias

13/07/2015 21:08:09
Oportunidades
Projeto Sonora Brasil promove o grupo alagoano Destaladeiras de Fumo
Evento vai acontecer na Casa da Cultura de Arapiraca
SESC
SESC

Este ano o Projeto Sonora Brasil iniciou a temporada 2015, realizando no dia 30/05, o primeiro concerto do País, no município de Arapiraca, tendo como atração o grupo alagoano Destaladeiras de Fumo. Após a apresentação na terra natal, o grupo seguiu para os estados do Nordeste, Norte e Centro-Oeste.

Em sua 18ª edição, o Sonora Brasil vai circular o país com os temas Sonoros Ofícios - Cantos de Trabalho - e Violas Brasileiras, que serão apresentados nos próximos dois anos. Com a participação de quatro grupos em cada tema, em 2015, o Sonoros Ofícios circula pelos estados das regiões Centro-Oeste, Norte e Nordeste, enquanto Violas Brasileiras segue pelos estados das regiões Sul e Sudeste. Em 2016, inverte-se a ordem das apresentações para que todos os grupos concluam o circuito nacional. O Sonora Brasil tem como objetivo difundir expressões musicais identificadas com o desenvolvimento histórico da música no Brasil.

Mostra em Alagoas com os temas Sonoros Ofícios - Cantos de Trabalho - e Violas.

Dando continuidade à programação de 2015, desse projeto que é considerado um dos maiores circuito musical do País, será realizada no período de 23 a 25 de julho, a Mostra Sonora Brasil, que nesse formato será realizada pela primeira vez em Alagoas. As apresentações serão em Maceió, no Teatro Jofre Soares, no Sesc Centro e em Arapiraca. A mostra vai reunir grupos de Alagoas, Maranhão, Minas Gerais e Bahia.

A mostra traz a musicalidade do estilo “Sonoros ofícios — cantos de trabalho” apresentando o canto como expressão musical relacionada às atividades laborais, fato social presente na cultura brasileira, tanto no ambiente rural quanto no urbano, com registros que confirmam a sua existência já no século XVIII. Na maioria das vezes uma prática coletiva, os cantos de trabalho podem cumprir funções diferenciadas, de acordo com as características do trabalho ao qual estão relacionados e com os determinantes culturais e sociais de cada região ou localidade.

Três grupos representam formas tradicionais relacionadas a trabalhos rurais: Destaladeiras de Fumo de Arapiraca (AL); Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente (BA) e Quebradeiras de Coco Babaçu (MA) e o Grupo Ilumiara (MG), formado por músicos pesquisadores, apresenta repertório recolhido em pesquisas sobre diversas vertentes do tema.

Este ano, será a quarta vez que um grupo alagoano participará do projeto. Além das Destaladeiras de Fumo de Arapiraca, no biênio 2015/2016, já participaram do circuito "Nelson da Rabeca", em 1998 e 2005, e o grupo "À Parte", formado pelo o violoncelista Sebastian Poch e a violonista e pesquisadora histórica Catarina Labouré, Mestre Verdelinho, Mestra Vitoria, a professora e pesquisadora Telma César, o sanfoneiro Tião Marcolino e o pesquisador musical Gustavo Quintella, no ano de 2001.

Destaladeiras de Fumo

Grupo formado por cinco mulheres da região de Sítio Fernandes, município de Arapiraca, na zona rural do agreste alagoano, e Nelson Rosa, mestre de coco de roda reconhecido como patrimônio vivo do estado de Alagoas. O cultivo do fumo foi a principal atividade econômica por mais de cinco décadas em Arapiraca, as mulheres trabalhavam horas a fio sentadas no chão nos “salões de fumo”, destalando e selecionando as folhas ao som de cantigas entoadas para espantar o sono durante as madrugadas.

Os cantos das destaladeiras são entoados em várias vozes, com uma só voz no improviso dos versos geralmente tirado pelas líderes do salão; são em forma de trovas rimadas e têm como característica serem arrastados e sem acompanhamento instrumental. O grupo traz no repertório, além das canções tradicionalmente entoadas na rotina laboral da destalação, cantigas de barreiro e tapagens de casa, os rojões de eito entoados nas tarefas da roça e o pagode, música que embalava as festas em que a comunidade comemorava o chamado derradeiro dia de fumo, no encerramento da safra. O grupo é formado por Josefa Correia Lima dos Santos, Isabel Cipriano dos Santos, Regineide Rosa dos Santos, Rosália Gomes dos Santos e Rosinalva Farias dos Santos, além de Mestre Nelson Rosa.

SERVIÇO
Mostra Sonora Brasil

Maceió
22/07 às 20h – Grupo Quebradeiras de Coco Babaçu – MA
23/07 às 20h – Grupo Destaladeiras de Fumo e Mestre Nelson Rosa - AL
24/07 às 20h – Grupo Cantadeiras do Sisal e Aboadores de Valente – BA
25/07 às 16h– Grupo “Ilumiara” –MG,
Local: Unidade Sesc Centro em Maceió - Teatro Jofre Soares
Entrada franca
Informações: 3326-3133 / 0800 284 2440

Arapiraca
24/07 às 20h - Grupo Ilumiara
25/07 às 17h - Cantadeiras do Sisal e Aboiadores de Valente
Local: Casa da Cultura - Rua Esperidião Rodrigues, 193 - Centro, Arapiraca - AL
Entrada franca
 

Comentários
Mais de Oportunidades