Olá, Bom dia! Seja bem vindo. Você está no portal Expresso1.com
23ºC
Arapiraca,
Tempo Nublado

Blog do Márcio | Márcio Pedro

Quem é Márcio Pedro? Contador e Pós-graduado em Gestão Financeira, Controladoria e Auditoria, é Gerente Administrativo de uma grande indústria e distribuidora de alimentos. Sempre atualizado em assuntos de economia, política, educação e literatura, escreve também microcontos
25/07/2016 13:34:07
Uma sociedade doentia em um futuro incerto.

Vivemos hoje em uma sociedade doente, preconceituosa, machista, egocêntrica, promiscua e ignorante. O advento das redes sociais na internet ajudou a escancarar essas doenças que contaminam cada vez mais pessoas, que faz cada vez mais vítimas e que nos leva para um caminho autodestrutivo.

As pessoas não podem ser ou pensar diferentes, são obrigadas pelo meio a ser robotizadas, e caso, alguém queira pensar fora da caixa, é excluído do clã social em que convive, são hostilizadas, punidas e as vezes agredidas física e psicologicamente. É considerado um estranho, se pensar de outra forma.

Tratando de um outro mal nos aparece o preconceito. Forjado na mentira, essa doença é silenciosa e separatista. A voz ressoante de bom moço nos esconde um nojo velado que só é apresentado em momentos de embate, raiva ou quando começa a fazer parte da sua vida. Ainda não nos tornamos seres humanos suficientemente imunizados para conviver com as diferenças.

Quanta rispidez, ofensas e maldades gratuitas com a as escolhas individuais, seja de ordem religiosa, de gênero sexual, de etnia, de cultura, do simples fato de ter uma opinião divergente.

Um mundo embriagado no álcool, na sexualidade, na loucura, nas drogas, na violência, no consumismo, nos vícios e em um mundo paralelo chamado de mundo virtual. Falta amor, carinho, compreensão, afeto, presença, toque, virtudes, paz, socialização e valores morais.

O egocentrismo está cada vez mais evidente e forte atacando até mesmo pessoas outrora vacinadas. O rei imaginário que muitos trazem consigo está mais vibrante nesse mundo onde o ter é melhor que o ser, onde a aparência vale mais que a essência.

O escritor Mario Sergio Cortela em seu livro Qual a Sua Obra nos dar uma boa resposta ao egocentrismo no seu texto chamado de “Você sabe com quem está falando”? Julgamentos e avaliações baseadas apenas no seu conhecimento restrito sendo posto em pedestais do álter ego como se fosse o núcleo da sabedoria.

Uma forma rasa de ver e perceber as coisas nos evidenciam mais uma enfermidade chamada de ignorância, seja ela social, ética, educacional ou moral. A troca da leitura e do aprendizado escolar por entretenimento de massa que não acrescenta sabedoria nenhuma em nosso caminho existencial. Estamos formando seres humanos com cérebro de animais de estimação. Não conhecem nada além do restrito espaço social em que vivem e não enxergam além do horizonte, não têm interesse nos outros, o seu mundo é o seu espaço, vivem limitados no seu eu. Parece que vivem para comer, defecar e morrer, apenas.

2 Comentários

Mais de Blog do Márcio | Márcio Pedro